Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

É pela vida das mulheres que lutamos contra a Reforma da Previdência

É pela vida das mulheres que lutamos contra a Reforma da Previdência

Escrito por: Junéia Martins Batista Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora Publicado em: 08/03/2017 • Última modificação: 08/03/2017 - 11:09 Publicado em: 08/03/2017 Última modificação: 08/03/2017 - 11:09

Como todos os anos, as mulheres estarão nas ruas nesse 8 de março para reivindicar direitos fundamentais para uma vida digna e justa.

É pela vida das mulheres que lutamos pelo fim da violência e pela descriminalização e legalização do aborto. A luta deve ser diária e constante, porque sabemos que muitas mulheres morrem vítimas de violência e pela prática do aborto clandestino.

Nós mulheres da CUT, de outras centrais e de vários movimentos sociais e feministas escolhemos como tema principal neste ano de 2017 a luta contra a Reforma da Previdência.

Acreditamos que ter uma vida digna e justa passa por ter direitos trabalhistas garantidos, como salário igual, responsabilidades familiares compartilhadas, igualdade na vida e no trabalho, mais creches e políticas públicas que nos garanta condições de dar passos profundos para a igualdade de gênero.

Se aprovada, a Reforma da Previdência proposta pelo governo ilegítimo de Michel Temer as mais prejudicadas serão as mulheres. Além de ter que trabalhar em média por mais10 anos, as mulheres ainda correm sérios riscos de morrem trabalhando, principalmente as negras, as rurais e as jovens que ainda nem entraram no mundo do trabalho.

O que este governo e seus aliados querem não é reformar a previdência é desmontar a nossa aposentadoria. É tirar direitos, é acabar com um beneficio que nos dá o direito de envelhecer com mais dignidade e autonomia.

Além de todos estes prejuízos, se não barrarmos este retrocesso é fato que teremos o aumento da violência contra mulher e o feminicídio e a igualdade que sempre sonhamos ficará ainda mais distante.

 

#NenhumaAMenos

#8M

#ParoInternacional

#ÉPelaVidaDasMulheres

#ContraAReformaDaPrevidência

#PeloFimDaViolênciaContraAsMulheres

#PelaDescriminalizaçãoELegalizaçãoDoAborto




Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.