Educação do Ceará aprova resolução pela Greve Geral em 28 de abril

20/04/2017 - 12:39

Profissionais da educação também vão cruzar os braços no próximo dia 28


A Direção Executiva do Sindicato APEOC se reuniu na tarde desta quarta-feira (19) para discutir e aprovar uma resolução a respeito da Greve Geral Nacional, no próximo dia 28 de abril. Todos os presentes votaram e aprovaram o texto que convoca os profissionais da Educação do Ceará, tanto da rede estadual quanto das redes municipais, a paralisarem as atividades durante o dia da greve. O movimento, liderado pelas centrais sindicais, CNTE, Frentes Brasil Popula e Frente sem Medo, protesta contra as reformas da Previdência e Trabalhista, além da terceirização, propostas pelo governo golpista de Michel Temer.

A resolução aprovada referenda a Greve Nacional orientada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e aprovada durante o congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), em janeiro de 2017. A mobilização também faz parte do Plano de Lutas do Sindicato APEOC, discutido e aprovado durante as 36 assembleias regionais realizadas em janeiro e fevereiro deste ano em todo o Ceará.

Veja a Resolução AQUI

O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, reforçou a importância dos profissionais da Educação caminharem juntos com outras categorias de trabalhadores para aumentar a pressão sobre o governo golpista, e também sobre os deputados e senadores que vão votar as reformas em tramitação no Congresso. “Esse Parlamento não tem legitimidade para votar nenhuma reforma. É preciso enfrentar esses golpistas aumentando a pressão nas ruas, na porta das escolas e das fábricas. No dia 28, nenhum professor na escola. Todas e todos na rua para derrubar as reformas malditas”, disse Anizio.

O encontro desta tarde reuniu dezenas de lideranças do Sindicato APEOC da capital e do interior do Estado. Além de participarem das discussões e votação da resolução, os dirigentes também apresentaram as programações previstas em suas respectivas regiões para o dia 28 de abril. Foram distribuídos materiais de divulgação que serão levados às escolas e aos profissionais da Educação nos próximos dias.