Mulheres demonstram força e organização na luta contra o desmonte de direitos

20/03/2017 - 00:00

Nas mobilizações realizadas nos últimos dias – 8 e 15 de março –, contra as reformas da Previdência e Trabalhista, as mulheres deram uma grande demonstração de força e organização.

Nossa capacidade de estabelecer parcerias ao longo dos anos com movimentos feministas e sociais demonstra que estamos no caminho certo. A luta das mulheres nos diversos âmbitos e espaços precisa ser fortalecida, pois os desafios apresentados apontam para uma total desconstrução de direitos do conjunto da classe trabalhadora, em especial para as mulheres.

Tendo como foco o combate a Reforma da Previdência – nenhum direito a menos, as mulheres, em especial as CUTistas, construíram no dia 8 de março grandes mobilizações em todas as capitais do país. Estas mobilizações foram o pontapé inicial para o sucesso deste 15 de março com grandes paralisações e manifestações.

Mulheres e homens trabalhadores foram às ruas defender o direito a aposentadoria e denunciar o desmonte de direitos que vem sendo realizado pelo governo ilegítimo de Temer e maioria dos parlamentares.

A luta pela manutenção e ampliação de direitos é permanente e neste momento torna-se também, urgente! Vale lembrar que as reformas em curso impactam de forma contundente a vidas das mulheres, independente de idade, cor ou raça. Neste sentido, é necessário mantermo-nos alertas e em mobilização, construir parcerias e apoios, organizar comitês locais contra tais reformas em cada município e organizar pressão sobre os parlamentares.