Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Bancários de Jundiaí (SP) e região dizem sim à Greve Geral

Sindicato dos Bancários e mais 16 entidades preparam mobilizações durante a Greve Geral

Escrito por: Contraf / Seeb Jundiaí • Publicado em: 21/04/2017 - 01:33 • Última modificação: 21/04/2017 - 01:43 Escrito por: Contraf / Seeb Jundiaí Publicado em: 21/04/2017 - 01:33 Última modificação: 21/04/2017 - 01:43

Doto: Divulgação / Seeb Jundiaí Trabalhadores e trabalhadoras do setor bancário de Jundiaí decidem por aclamação participar da greve

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (20), os bancários de Jundiaí e região decidiram por unanimidade aderir à greve geral no próximo dia 28 de abril.

O Movimento Intersindical de Jundiaí e região, composto por 17 entidades, incluindo o Sindicato dos Bancários, estará mobilizado nesse dia, acompanhando a convocação das centrais sindicais em todo o país.

“É de suma importância que a sociedade brasileira reaja contra os projetos que vão prejudicar toda a classe trabalhadora, com a retirada de direitos, inclusive com redução salarial, além da dificuldade que muitos terão em se aposentar . Não se tratam de reformas, mas de um golpe contra todos os trabalhadores”, disse Douglas Yamagata, presidente do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e região. 

Título: Bancários de Jundiaí (SP) e região dizem sim à Greve Geral, Conteúdo: Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (20), os bancários de Jundiaí e região decidiram por unanimidade aderir à greve geral no próximo dia 28 de abril. O Movimento Intersindical de Jundiaí e região, composto por 17 entidades, incluindo o Sindicato dos Bancários, estará mobilizado nesse dia, acompanhando a convocação das centrais sindicais em todo o país. “É de suma importância que a sociedade brasileira reaja contra os projetos que vão prejudicar toda a classe trabalhadora, com a retirada de direitos, inclusive com redução salarial, além da dificuldade que muitos terão em se aposentar . Não se tratam de reformas, mas de um golpe contra todos os trabalhadores”, disse Douglas Yamagata, presidente do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e região. 



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.