Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Cemig chama os eletricitários para negociar

Nesta quarta (13), os trabalhadores se reúnem com a empresa para mais uma negociação

Escrito por: Sindieletro-MG • Publicado em: 13/01/2016 - 16:17 • Última modificação: 13/01/2016 - 16:29 Escrito por: Sindieletro-MG Publicado em: 13/01/2016 - 16:17 Última modificação: 13/01/2016 - 16:29

Cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) chamou os sindicatos para uma reunião a partir das 10 horas desta terça-feira (12). O Sindieletro espera que a empresa responda de fato a pauta afunilada da categoria, aprovada nas assembleias realizadas na última semana. As assembleias também decidiram pela manutenção da greve.

Na Grande BH, os eletricitários estão concentrados na Sede da Cemig, e aguardam informes dos sindicatos sobre o resultado da reunião. No interior, os trabalhadores estão nas portarias. Em Montes Claros, eles realizam um ato no Centro da cidade.

49 dias de disposição para a luta!

Nossa greve entrou na maturidade, com grande disposição para a luta. Completamos hoje 49 dias de indignação e muita força acumulada. É uma grande vitória chegarmos tão longe, dando exemplo de resistência. Aprovamos a continuidade da greve e a pauta afunilada nas assembleias realizadas na última semana, e estamos buscando reabrir as negociações com a Cemig.

Nesses 49 dias realizamos uma série de atividades de luta, de força e firmeza! Ontem, em Uberlândia, houve mais uma barricada, na UHE de Capim Branco. Os companheiros da usina paralisaram as atividades durante a manhã, participando de ato e passeata, em solidariedade à nossa luta. Em faixas e cartazes, cobramos a resposta da Cemig e o posicionamento do governador Fernando Pimentel de cumprir os compromissos que assumiu com os eletricitários, de respeito, valorização, de primarização e nenhuma retirada de direitos.

Nas Regionais Vale do Aço, Leste, Oeste e Mantiqueira aconteceram ontem concentração e informes da greve nas portarias. Já na Norte, houve concentração e panfletagem na praça da rua Padre Augusto, no Centro. Amanhã haverá passeata. O diálogo dos trabalhadores é constante, com palavras de ordem para que a greve continue fortalecida e que ganhe mais adesões.

Na Regional Metalúrgica, os eletricitários permanecem nas portarias e já realizaram vários atos e passeatas, ocupando ruas e avenidas. Nas portarias, a categoria programa as ações de greve, em um debate democrático e transparente.

Título: Cemig chama os eletricitários para negociar, Conteúdo: A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) chamou os sindicatos para uma reunião a partir das 10 horas desta terça-feira (12). O Sindieletro espera que a empresa responda de fato a pauta afunilada da categoria, aprovada nas assembleias realizadas na última semana. As assembleias também decidiram pela manutenção da greve. Na Grande BH, os eletricitários estão concentrados na Sede da Cemig, e aguardam informes dos sindicatos sobre o resultado da reunião. No interior, os trabalhadores estão nas portarias. Em Montes Claros, eles realizam um ato no Centro da cidade. 49 dias de disposição para a luta! Nossa greve entrou na maturidade, com grande disposição para a luta. Completamos hoje 49 dias de indignação e muita força acumulada. É uma grande vitória chegarmos tão longe, dando exemplo de resistência. Aprovamos a continuidade da greve e a pauta afunilada nas assembleias realizadas na última semana, e estamos buscando reabrir as negociações com a Cemig. Nesses 49 dias realizamos uma série de atividades de luta, de força e firmeza! Ontem, em Uberlândia, houve mais uma barricada, na UHE de Capim Branco. Os companheiros da usina paralisaram as atividades durante a manhã, participando de ato e passeata, em solidariedade à nossa luta. Em faixas e cartazes, cobramos a resposta da Cemig e o posicionamento do governador Fernando Pimentel de cumprir os compromissos que assumiu com os eletricitários, de respeito, valorização, de primarização e nenhuma retirada de direitos. Nas Regionais Vale do Aço, Leste, Oeste e Mantiqueira aconteceram ontem concentração e informes da greve nas portarias. Já na Norte, houve concentração e panfletagem na praça da rua Padre Augusto, no Centro. Amanhã haverá passeata. O diálogo dos trabalhadores é constante, com palavras de ordem para que a greve continue fortalecida e que ganhe mais adesões. Na Regional Metalúrgica, os eletricitários permanecem nas portarias e já realizaram vários atos e passeatas, ocupando ruas e avenidas. Nas portarias, a categoria programa as ações de greve, em um debate democrático e transparente.



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.