Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

CUT - RS organiza participação no Fórum Social das resistências

A programação da CUT-RS será definida na próxima semana

Escrito por: CUT-RS • Publicado em: 06/01/2017 - 10:49 Escrito por: CUT-RS Publicado em: 06/01/2017 - 10:49

Reprodução

A CUT-RS está organizando atividades para a participação no Fórum Social das Resistências, que será realizado em Porto Alegre, entre 17 e 21 de janeiro, sob o mote “Democracia e Direitos dos Povos e do Planeta”. A marcha de abertura está marcada para o dia 17 (terça-feira), com concentração às 18h, no Largo Glênio Peres, no centro da capital gaúcha.

“Estamos preparando seminários e oficinas sobre temas da conjuntura para fortalecer a resistência da classe trabalhadora na luta em defesa da democracia e para evitar retrocessos”, explica o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Ele ressalta que “a característica do Fórum será o debate acerca da resistência dos movimentos sociais e de trabalhadores diante das ameaças das agendas neoliberais de redução do estado e do corte de direitos, que estão sendo aplicadas não só em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no Brasil, mas também na América Latina e no cenário internacional”.

“Pretendemos discutir temas como o ataque aos direitos trabalhistas, previdenciários e sociais, bem como comunicação e formação para potencializar a resistência no próximo período”, adianta o dirigente sindical.

A programação da CUT-RS será definida na próxima semana.

Claudir anuncia que a CUT-RS montará um espaço, no Parque da Redenção, onde serão realizadas as atividades. “O espaço será um local de encontro e referência para os dirigentes sindicais e a militância da CUT”, projeta Claudir.

Plenária da CUT-RS

Na manhã do dia 17, antecedendo a abertura do Fórum, a CUT-RS realizará uma plenária com as coordenações regionais, federações e sindicatos filiados para definir ações de resistência para mobilizar os trabalhadores, sobretudo contra as reformas trabalhista e da Previdência. A atividade acontecerá às 9h, no auditório do CPERS Sindicato (Avenida Alberto Bins, 480, no centro de Porto Alegre).

Atividades autogestionadas

Os sindicatos, federações e confederações, que tiverem condições de promover atividades autogestionadas, devem inscrevê-las até a próxima terça-feira (10), diretamente no site do Fórum.

Clique aqui para acessar o site do Fórum

Organizadas de forma de livre e autônoma, as atividades podem ser na forma de debates, oficinas, seminário e rodas de conversa, dentre outras.

As atividades ocorrerão nos dias 18, 19, 20 e 21, no Território do Fórum, na Redenção.

A proposta da organização do Fórum é que as entidades, organizações e movimentos sociais ocupem a Redenção nesses quatro dias, como um ato de resistência contra a onda de ataques neoliberais.

Inscrições abertas

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas, no valor de R$ 20, no site do Fórum, até o dia 16. Após essa data, podem ser feitas na hora de chegada.

A programação completa do Fórum será divulgada em breve.

Título: CUT - RS organiza participação no Fórum Social das resistências, Conteúdo: A CUT-RS está organizando atividades para a participação no Fórum Social das Resistências, que será realizado em Porto Alegre, entre 17 e 21 de janeiro, sob o mote “Democracia e Direitos dos Povos e do Planeta”. A marcha de abertura está marcada para o dia 17 (terça-feira), com concentração às 18h, no Largo Glênio Peres, no centro da capital gaúcha. “Estamos preparando seminários e oficinas sobre temas da conjuntura para fortalecer a resistência da classe trabalhadora na luta em defesa da democracia e para evitar retrocessos”, explica o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo. Ele ressalta que “a característica do Fórum será o debate acerca da resistência dos movimentos sociais e de trabalhadores diante das ameaças das agendas neoliberais de redução do estado e do corte de direitos, que estão sendo aplicadas não só em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no Brasil, mas também na América Latina e no cenário internacional”. “Pretendemos discutir temas como o ataque aos direitos trabalhistas, previdenciários e sociais, bem como comunicação e formação para potencializar a resistência no próximo período”, adianta o dirigente sindical. A programação da CUT-RS será definida na próxima semana. Claudir anuncia que a CUT-RS montará um espaço, no Parque da Redenção, onde serão realizadas as atividades. “O espaço será um local de encontro e referência para os dirigentes sindicais e a militância da CUT”, projeta Claudir. Plenária da CUT-RS Na manhã do dia 17, antecedendo a abertura do Fórum, a CUT-RS realizará uma plenária com as coordenações regionais, federações e sindicatos filiados para definir ações de resistência para mobilizar os trabalhadores, sobretudo contra as reformas trabalhista e da Previdência. A atividade acontecerá às 9h, no auditório do CPERS Sindicato (Avenida Alberto Bins, 480, no centro de Porto Alegre). Atividades autogestionadas Os sindicatos, federações e confederações, que tiverem condições de promover atividades autogestionadas, devem inscrevê-las até a próxima terça-feira (10), diretamente no site do Fórum. Clique aqui para acessar o site do Fórum Organizadas de forma de livre e autônoma, as atividades podem ser na forma de debates, oficinas, seminário e rodas de conversa, dentre outras. As atividades ocorrerão nos dias 18, 19, 20 e 21, no Território do Fórum, na Redenção. A proposta da organização do Fórum é que as entidades, organizações e movimentos sociais ocupem a Redenção nesses quatro dias, como um ato de resistência contra a onda de ataques neoliberais. Inscrições abertas As inscrições já estão abertas e podem ser feitas, no valor de R$ 20, no site do Fórum, até o dia 16. Após essa data, podem ser feitas na hora de chegada. A programação completa do Fórum será divulgada em breve.



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.