Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Greve dos aeronautas e aeroviários inicia a partir das 6h

Categorias farão assembleias após a paralisação desta quarta (3)

Escrito por: FENTAC CUT • Publicado em: 02/02/2016 - 15:46 Escrito por: FENTAC CUT Publicado em: 02/02/2016 - 15:46

SINDIGRU

Tudo programado para a paralisação nacional dos aeronautas e aeroviários nesta quarta-feira (3), das 6h às 8h da manhã (horário de Brasília) em 12 aeroportos da base da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC/CUT) (abaixo relação dos principais locais) em todo o País. 

O movimento é organizado pelos sindicatos filiados dos Aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Campinas, Recife, do Sindicato Nacional dos Aeroviários e pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas. 

A paralisação acontecerá em razão que o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA), que representa as companhias TAM, Gol, Azul e Avianca, não apresentou nova proposta de reajuste salarial para os trabalhadores.

         As categorias rejeitaram por ampla maioria em assembleias realizadas na sexta-feira (29) propostas das empresas aéreas que previam pagamentos parcelados por faixas salariais, não retroativos à data-base, 1º de dezembro. 

        Segundo estudo da Subseção do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) na FENTAC, esse formato trará prejuízos ao bolso dos trabalhadores, pois as perdas salariais oscilariam entre 53,16% e 96,22% de um salário mensal ao longo do período em que o reajuste é aplicado.

 

11% retroativo à data-base

As categorias reivindicam a aplicação do reajuste de 11% nos salários e benefícios retroativo à data-base, que fará a recomposição das perdas inflacionárias nos salários. 

“A greve é o último recurso que temos para expressar às empresas que elas precisam valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais da aviação que são responsáveis pela segurança nos voos e pelo ótimo desempenho do setor”, afirma Sergio Dias, presidente da FENTAC/CUT.

 

Assembleias

Após as paralisações, os sindicatos dos aeronautas farão assembleias a partir das 9h30 para decidir pela continuidade do movimento grevista nesta quinta-feira (4) ou pela suspensão temporária. Na base dos aeroviários estão previstas assembleias em Recife e Campinas.

Em Guarulhos, Porto Alegre e nas bases do Sindicato Nacional dos Aeroviários, os dirigentes avaliarão após a greve.  As assembleias dos aeronautas acontecerão em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Campinas e Belém.

TST

Até o fechamento dessa matéria, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) ainda não tinha se posicionado sobre a instauração de audiência de conciliação entre as partes.

 

Perfil da Campanha Salarial da FENTAC/CUT

Data-base: venceu em 1º de dezembro 2014/2015

Estão em Campanha cerca 70 mil trabalhadores na aviação civil regular: aeroviários (que trabalham no chão do aeroporto: agente de check-in/atendimento, auxiliar de serviços gerais, mecânicos de aeronaves, agente de proteção/bagagem, operador de equipamentos, entre outros), aeronautas (que trabalham dentro da aeronave: comandantes – pilotos, co-pilotos - comissários e comissárias de voo, mecânicos e engenheiros de voo).

Mais informações da Campanha Salarial da FENTAC/CUT

Confira os locais de concentração nos Aeroportos dos aeronautas e aeroviários – 6h às 8h

Guarulhos

GRU Airport

Concentração: Entrada doméstica do Terminal de Passageiros 2 (TPS2)

São Paulo

Congonhas

Concentração: Saguão principal do Aeroporto

Campinas

Viracopos

Concentração: No saguão perto do check-in da Azul

Brasília

Juscelino Kubitschek

Concentração: Saguão, entrada de passageiros e no check-in das companhias aéreas

Rio de Janeiro

Santos Dumont

Concentração: Praça principal em frente ao Desembarque

Galeão

Concentração: Terminal de Passageiros 1, em frente ao Despacho Operacional da Gol

Porto Alegre - Rio Grande do Sul

Salgado Filho

Concentração: Check-ins da Gol,TAM e Azul e em frente  a Gol no Terminal 1

Recife – Pernambuco

Gilberto Freyre

Concentração: Acesso ao pátio de manobra às 5h20 e depois subirão para o portão de Embarque

Também acontecerão paralisações nos aeroportos Fortaleza, Florianópolis, Curitiba e Salvador

 

Título: Greve dos aeronautas e aeroviários inicia a partir das 6h, Conteúdo: Tudo programado para a paralisação nacional dos aeronautas e aeroviários nesta quarta-feira (3), das 6h às 8h da manhã (horário de Brasília) em 12 aeroportos da base da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC/CUT) (abaixo relação dos principais locais) em todo o País.  O movimento é organizado pelos sindicatos filiados dos Aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Campinas, Recife, do Sindicato Nacional dos Aeroviários e pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas.  A paralisação acontecerá em razão que o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA), que representa as companhias TAM, Gol, Azul e Avianca, não apresentou nova proposta de reajuste salarial para os trabalhadores.          As categorias rejeitaram por ampla maioria em assembleias realizadas na sexta-feira (29) propostas das empresas aéreas que previam pagamentos parcelados por faixas salariais, não retroativos à data-base, 1º de dezembro.          Segundo estudo da Subseção do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) na FENTAC, esse formato trará prejuízos ao bolso dos trabalhadores, pois as perdas salariais oscilariam entre 53,16% e 96,22% de um salário mensal ao longo do período em que o reajuste é aplicado.   11% retroativo à data-base As categorias reivindicam a aplicação do reajuste de 11% nos salários e benefícios retroativo à data-base, que fará a recomposição das perdas inflacionárias nos salários.  “A greve é o último recurso que temos para expressar às empresas que elas precisam valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais da aviação que são responsáveis pela segurança nos voos e pelo ótimo desempenho do setor”, afirma Sergio Dias, presidente da FENTAC/CUT.   Assembleias Após as paralisações, os sindicatos dos aeronautas farão assembleias a partir das 9h30 para decidir pela continuidade do movimento grevista nesta quinta-feira (4) ou pela suspensão temporária. Na base dos aeroviários estão previstas assembleias em Recife e Campinas. Em Guarulhos, Porto Alegre e nas bases do Sindicato Nacional dos Aeroviários, os dirigentes avaliarão após a greve.  As assembleias dos aeronautas acontecerão em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Campinas e Belém. TST Até o fechamento dessa matéria, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) ainda não tinha se posicionado sobre a instauração de audiência de conciliação entre as partes.   Perfil da Campanha Salarial da FENTAC/CUT Data-base: venceu em 1º de dezembro 2014/2015 Estão em Campanha cerca 70 mil trabalhadores na aviação civil regular: aeroviários (que trabalham no chão do aeroporto: agente de check-in/atendimento, auxiliar de serviços gerais, mecânicos de aeronaves, agente de proteção/bagagem, operador de equipamentos, entre outros), aeronautas (que trabalham dentro da aeronave: comandantes – pilotos, co-pilotos - comissários e comissárias de voo, mecânicos e engenheiros de voo). Mais informações da Campanha Salarial da FENTAC/CUT Confira os locais de concentração nos Aeroportos dos aeronautas e aeroviários – 6h às 8h Guarulhos GRU Airport Concentração: Entrada doméstica do Terminal de Passageiros 2 (TPS2) São Paulo Congonhas Concentração: Saguão principal do Aeroporto Campinas Viracopos Concentração: No saguão perto do check-in da Azul Brasília Juscelino Kubitschek Concentração: Saguão, entrada de passageiros e no check-in das companhias aéreas Rio de Janeiro Santos Dumont Concentração: Praça principal em frente ao Desembarque Galeão Concentração: Terminal de Passageiros 1, em frente ao Despacho Operacional da Gol Porto Alegre - Rio Grande do Sul Salgado Filho Concentração: Check-ins da Gol,TAM e Azul e em frente  a Gol no Terminal 1 Recife – Pernambuco Gilberto Freyre Concentração: Acesso ao pátio de manobra às 5h20 e depois subirão para o portão de Embarque Também acontecerão paralisações nos aeroportos Fortaleza, Florianópolis, Curitiba e Salvador  



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.