Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Secretaria-Geral

Sérgio Nobre

Gestão: 2012 - 2015

Estado: São Paulo

Categoria: Metalúrgico

Sérgio Nobre tem 47 anos, nasceu na cidade de São Paulo, mas é morador em São Bernardo há 30 anos. É casado e pai de dois filhos. É graduado em Relações Internacionais pela Fundação Santo André, turma de 2009.

 

Ingressou na categoria metalúrgica em 1980, como aprendiz do Senai, na Scania, em São Bernardo. Em 1986, entrou na Mercedes-Benz, também em São Bernardo, onde foi membro da CIPA e, depois, da Comissão de Fábrica, da qual foi o coordenador por dois mandatos. Coordenou ainda o Setor Automotivo da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM) - CUT.

 

Entre 2002 e 2005 coordenou a Regional Diadema do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e, a partir de 2005, assumiu a Secretaria de Organização do Sindicato até ser eleito presidente para o seu primeiro mandato, em 2008. Foi reeleito em 2011 para o segundo mandato, cargo que vai acumular com a Secretaria-Geral da CUT Nacional até 2014. É representante dos trabalhadores no Conselho de Competitividade do Setor Automotivo, criado pelo Plano Brasil Maior e ligado ao Ministério da Indústria e do Comércio Exterior.

 

Sérgio Nobre também é um dos 38 sócios-fundadores do Instituto Lula, entidade, suprapartidária sem fins lucrativos presidida pelo ex-presidente da República e também ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Luiz Inácio Lula da Silva. Assina com outros 36 autores  o livro coletivo Nosso Século XXI (Editora Livre Mercado-2008), com texto sobre o movimento sindical. É coautor do livro Leitura nas Fábricas, de 2011, sobre programa pioneiro realizado no ABC para incentivo de leitura no local de trabalho.

Atribuições

III - Compete ao/à secretário/a geral: 

a) garantir a aplicação dos direitos, deveres e sanções aos/às filiados/as e o cumprimento do Estatuto da CUT; 

b) organizar as reuniões da Executiva Nacional, da Direção Nacional, da plenária nacional e do congresso nacional; 

c) encaminhar as resoluções das instâncias nacionais, acompanhar sua aplicação e organizar as atividades deliberadas; 

d) elaborar planos gerais integrados e coordenar as atividades do conjunto das secretarias nacionais; 

e) organizar e administrar o arquivo geral, as atas, documentos legais e agenda nacional da CUT; 

f) acompanhar e integrar as Estaduais da CUT, Confederações e Federações; 

g) coordenar e orientar as secretarias gerais da CUT nos Estados e nas Confederações e Federações nacionais. 




Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.