Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Relações de Trabalho

Graça Costa

Gestão: 2015 - 2019

Estado: Ceará

Categoria: Trabalhadores Municipais

Maria das Graças Costa nasceu no dia 23/09, em Ibaretama, no Estado do Ceará. É filha de Francisca Freitas da Costa, e João Américo da Costa, trabalhadora e trabalhador rural. É mãe de Grenda Lisley e Gêrda Lívia. É Professora da Prefeitura Municipal de Quixadá desde 1984.

É formada em Ciências e Historiadora pela Universidade Estadual do Ceará. Pós-Graduada em Democracia Participativa, República e Movimentos Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Sua trajetória de vida na militância começou muito cedo nos movimentos sociais de base. Contribuiu com a fundação do Partido dos Trabalhadores no Município de Ibaretama.

Fundou a Associação dos Professores Municipais do Interior do Ceará – APROMICE assumindo as funções de Secretária Geral (1987-1989) e Coordenadora no período de 1990 a 1993.

Em 06 de janeiro de 1989 participou da fundação do sindicato Servidores Públicos Municipais de Quixadá, Ibaretama, Banabuiu, Choró e Ibicuitinga onde foi Secretária de Finanças e Presidenta e atualmente Secretária da Mulher Trabalhadora. Nesse sindicato, promoveu na região do Sertão Central a implantação de uma verdadeira Cultura de Equidade de Gênero e Remuneração, discussão esta internacional, que resultou na criação do Primeiro Comitê de Equidade de gênero e Remuneração da América Latina, na cidade de Quixadá, Ceará, no qual é integrante.

Participou ainda, da Direção da CUT Sertão Central e da Direção no Estado do Ceará.

Na Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará – FETAMCE ocupou os cargos de Secretária de Finanças e Presidenta.

É integrante do Comitê Mundial de Mulheres da Internacional dos Serviços Públicos (ISP) organizada em 153 países.

Graça Costa é ex-presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal – CONFETAM/CUT, organizando mais de cinco milhões de trabalhadores e trabalhadoras municipais em todo o Brasil.

Atribuições

XIX - Compete ao/à secretario/a de relações de trabalho: 
a) elaborar e contribuir com estudos e projetos em relação a políticas para promoção da democratização das relações sociais de trabalho e encaminhá-los às instâncias da CUT; 
b) coordenar e orientar as secretarias de Relações de Trabalho nos Estados e das Confederações e Federações nacionais; 
c) promover o intercâmbio de experiências e estabelecer convênios de cooperação para o desenvolvimento das políticas de democratização das relações de trabalho da CUT com entidades sindicais e institutos especializados no âmbito nacional e 
internacional, através da Secretaria de Relações Internacionais; Página: 27
d) coordenar a elaboração e execução de campanhas para ampliação de direitos trabalhistas e sindicais dentro dos princípios e propostas da CUT e encaminhá-las às suas instâncias; 
e) elaborar e coordenar os processos de negociação coletiva nacional, em conjunto com os ramos da CUT, como também desenvolver estudos e pesquisas para aprimoramento das reivindicações nacionais. 
f) coordenar e acompanhar os temas relacionados à promoção da democratização das relações sociais de trabalho nos espaços institucionais, nos seus respectivos âmbitos, e, em especial, no Congresso Nacional e Governo federal. 



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.