Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Comitês populares em defesa de Lula se espalham pelo país

Há grupos criados em Goiás, SP, AM, SE, PE, MG, RJ, MA e AL

Escrito por: RBA • Publicado em: 10/01/2018 - 11:06 Escrito por: RBA Publicado em: 10/01/2018 - 11:06

O PT, PCdoB, PSB, PCO e a Frente Brasil Popular, entre outros movimentos, pretendem constituir 100 comitês populares em municípios do Ceará. A decisão foi tomada ontem (8) em reunião para definir a agenda e as estratégias de defesa da democracia e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os comitês, que funcionarão nas sedes do PT ou de movimentos sociais, deverão mobilizar e informar a população sobre o processo e os atos públicos.

No dia 13, no centro de Fortaleza, haverá desfile com bloco carnavalesco “Tô com Lula". Estão sendo organizadas vigílias nos tribunais federais em Fortaleza, Quixadá, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Sobral e Crato no dia 24, quando o recurso de Lula será julgado em Porto Alegre.

O surgimento de comitês populares é crescente. Ontem, um deles foi criado no município de União dos Palmares, em Alagoas. Estão previstas atividades junto aos assentamentos rurais da região. No dia 19 será realizada aula pública sobre o tema Lawfare e Democracia, na praça pública do centro de União dos Palmares.

Lawfare é uma palavra inglesa que representa o uso indevido dos recursos jurídicos para fins de perseguição política – uma espécie de "arma de guerra" que permite o uso de um instrumento jurídico com afeição política –, segundo o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins.

Na semana passada, foi criado comitê no Rio de Janeiro por dirigentes do PT, PCdoB, Psol e de movimentos sociais. Há também comitês criados por pessoas físicas, como o ativista de Brasília Maxsuel Rodrigues da Cruz.

De acordo com a agência de notícias do PT, não há informações atualizadas e como estão sendo criados comitês em vários municípios todos os dias é impossível ter o número exato de iniciativas. Até o final da semana, deverá estar disponível um mapa com todos os comitês já constituídos.

Há confirmação de grupos criados em Anápolis (GO), Ferraz de Vasconcelos e Campinas (SP), Manaus, Taperoá e Presidente Figueiredo (AM), Aracaju, Alto do Moura e Caruaru (PE), da região do Vale do Aço (MG), Arari, Miranda do Norte e no povoado Escondido, zona rural do município de Vitória do Mearim (MA), União dos Palmares (AL). 

No sábado (6), foi criado um núcleo em Santana do Livramento (RS), região de fronteira com o Uruguai. No próximo dia 13 serão lançados os comitês de Caxias do Sul e Porto Alegre.

O fim de semana que passou teve lançamento também no centro de Teresina e no próximo sábado estão previstos outros 18 pelo interior do Piauí. No dia 22 será realizado um ato público na capital.

Os comitês populares em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato à Presidência da República são uma articulação que envolve movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e partidos.

Título: Comitês populares em defesa de Lula se espalham pelo país, Conteúdo: O PT, PCdoB, PSB, PCO e a Frente Brasil Popular, entre outros movimentos, pretendem constituir 100 comitês populares em municípios do Ceará. A decisão foi tomada ontem (8) em reunião para definir a agenda e as estratégias de defesa da democracia e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os comitês, que funcionarão nas sedes do PT ou de movimentos sociais, deverão mobilizar e informar a população sobre o processo e os atos públicos. No dia 13, no centro de Fortaleza, haverá desfile com bloco carnavalesco “Tô com Lula. Estão sendo organizadas vigílias nos tribunais federais em Fortaleza, Quixadá, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Sobral e Crato no dia 24, quando o recurso de Lula será julgado em Porto Alegre. O surgimento de comitês populares é crescente. Ontem, um deles foi criado no município de União dos Palmares, em Alagoas. Estão previstas atividades junto aos assentamentos rurais da região. No dia 19 será realizada aula pública sobre o tema Lawfare e Democracia, na praça pública do centro de União dos Palmares. Lawfare é uma palavra inglesa que representa o uso indevido dos recursos jurídicos para fins de perseguição política – uma espécie de arma de guerra que permite o uso de um instrumento jurídico com afeição política –, segundo o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins. Na semana passada, foi criado comitê no Rio de Janeiro por dirigentes do PT, PCdoB, Psol e de movimentos sociais. Há também comitês criados por pessoas físicas, como o ativista de Brasília Maxsuel Rodrigues da Cruz. De acordo com a agência de notícias do PT, não há informações atualizadas e como estão sendo criados comitês em vários municípios todos os dias é impossível ter o número exato de iniciativas. Até o final da semana, deverá estar disponível um mapa com todos os comitês já constituídos. Há confirmação de grupos criados em Anápolis (GO), Ferraz de Vasconcelos e Campinas (SP), Manaus, Taperoá e Presidente Figueiredo (AM), Aracaju, Alto do Moura e Caruaru (PE), da região do Vale do Aço (MG), Arari, Miranda do Norte e no povoado Escondido, zona rural do município de Vitória do Mearim (MA), União dos Palmares (AL).  No sábado (6), foi criado um núcleo em Santana do Livramento (RS), região de fronteira com o Uruguai. No próximo dia 13 serão lançados os comitês de Caxias do Sul e Porto Alegre. O fim de semana que passou teve lançamento também no centro de Teresina e no próximo sábado estão previstos outros 18 pelo interior do Piauí. No dia 22 será realizado um ato público na capital. Os comitês populares em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato à Presidência da República são uma articulação que envolve movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e partidos.



Informa CUT

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.